Connect with us

Tecnologia

App de fotos AI pode gerar Transtorno Dismórfico Corporal

Published

on

Recentemente bombou nas redes sociais um aplicativo que possibilita que as pessoas usem da inteligência artificial para fotos, muitos famosos usaram o App e exibiram nas redes sociais suas imagens usando IA totalmente tratadas e em alguns casos fotografias fazendo alusão de possíveis filhos bonitos e perfeitos semelhantes a eles.

Mas o que parece inocente pode gerar um problema grave de saúde: Transtorno Dismórfico Corporal.

Segundo o cirurgião plástico Dr. Regis Milani, a doença é uma condição psicológica que se caracteriza pela preocupação, sem controle, com aparência.

“Seus portadores dão importância exagerada a defeitos pequenos que, apesar de imperceptíveis para outras pessoas, assuem uma dimensão enorme aos olhos”, explica o médico. 

A origem do transtorno dismórfico corporal é basicamente genética e neuroquímica, porém, o fator ambiente também pode influenciar, principalmente na infância e adolescência. 

“Estudos demonstram, que pessoas com as seguintes características são mais suscetíveis a doença: Ansiosas; Perfeccionistas; Tristes; Inseguras; Com baixa autoestima; Tendência a solidão; Introspectiva e Obsessivas”, alerta Regis Milani.

Para o cirurgião plástico Regis Milani, as redes sociais podem ser um gatilho para a doença.

“Isto porque as pessoas têm acesso a imagens que reforçam padrões que, em muitos casos, não correspondem ao seu biótipo físico e se frustram por não seguirem determinados estereótipos.

Quem tem transtorno dismórfico corporal sente um incômodo físico em relação a aparência, o que leva a buscar auxílio e soluções na cirurgia plástica, dermatologia, odontologia, entre outros, para sentir-se melhor.Entretanto, essa necessidade de realizar um procedimento para alterar sua aparência pode se tornar uma obsessão. A tendência é que a pessoa fique cada vez mais preocupada e insatisfeita com suas “imperfeições”, queira realizar uma cirurgia após a outra e, devido a tristeza, acabe prejudicando o seu desempenho no trabalho ou estudos”, alerta o médico.

Segundo o professor de cirurgia plástica Ricardo Cavalcanti membro da sociedade brasileira de cirurgia plástica e americana, a abordagem de um cirurgião plástico em relação à dismorfia corporal pode incluir:

  1. Avaliação cuidadosa: O cirurgião plástico deve realizar uma avaliação completa da pessoa, levando em consideração seus sintomas de dismorfia corporal, histórico médico e expectativas em relação à cirurgia. É essencial compreender a motivação por trás da busca pela cirurgia plástica.
  2. Encaminhamento para avaliação psicológica: O cirurgião plástico pode encaminhar a pessoa para um profissional de saúde mental, como um psicólogo ou psiquiatra, para uma avaliação psicológica mais aprofundada. Isso ajudará a determinar se a cirurgia plástica é apropriada no caso específico e se há necessidade de tratamento adicional para a dismorfia corporal.
  3. Discussão dos riscos e benefícios: Caso a cirurgia plástica seja considerada apropriada, o cirurgião plástico deve fornecer informações completas sobre os riscos, benefícios, limitações e expectativas realistas do procedimento. É importante ter uma conversa aberta e honesta sobre os resultados possíveis, enfatizando que a cirurgia plástica não é uma solução definitiva para a dismorfia corporal.
  4. Abordagem cautelosa: Em alguns casos, o cirurgião plástico pode optar por não realizar a cirurgia plástica se houver preocupações significativas em relação à dismorfia corporal da pessoa. Em vez disso, pode-se explorar outras opções de tratamento, como terapia cognitivo-comportamental, para abordar os aspectos psicológicos do transtorno.

Como prevenir o distúrbio? O Dr. Régis explica que a aceitação pode ser a chave para prevenir a doença.

“A melhor forma de prevenir o distúrbio é aceitar e respeitar o próprio corpo, assim como não se pressionar para se encaixar em padrões de aparência que não correspondam ao seu biótipo físico. É preciso ressaltar a beleza natural das pessoas e da diversidade, tendo em mente que a perfeição é uma ideia muito difícil de ser alcançada”, finaliza.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Tecnologia

Democratizando o acesso ao conhecimento: a história por trás da DubEasy

Published

on

Júnior Araujo

Ferramenta automatiza tradução e dublagem, aumentando o alcance de conteúdos educacionais

O empresário paulista Júnior Araujo está transformando o marketing digital e a educação online com uma nova ferramenta. Chamada DubEasy, ela é a primeira plataforma brasileira de dublagem automatizada por inteligência artificial, capaz de clonar vozes e traduzir conteúdos para diversos idiomas. Seu objetivo: democratizar o acesso à informação, quebrando barreiras linguísticas e levando educação de qualidade a todos os cantos do mundo.

Júnior, que também é desenvolvedor, tem uma combinação singular de habilidades técnicas, copywriting e gestão de projetos digitais. Já trabalhou com alguns dos maiores nomes da música brasileira, sendo pioneiro na internacionalização de produtos nacionais. 

“Adaptava tradução, dublagem e aspectos culturais manualmente. Era demorado. Pensei: por que não criar uma IA para fazer tudo isso rápido?”, conta. Foi então que uniu sua expertise em programação ao conhecimento em marketing digital para desenvolver o DubEasy.

Inicialmente uma ferramenta interna, a plataforma logo mostrou potencial para alavancar negócios que dependem de conteúdo multimídia e multilíngue, como marketing de influência, publicidade e educação online. Por perceber essa demanda latente no mercado digital, Júnior decidiu disponibilizar o DubEasy para o público.

Muito além de um negócio, a ferramenta reflete a visão de seu criador sobre o papel transformador da tecnologia. “Quero levar conteúdos de qualidade para mais pessoas, em qualquer lugar, independente do idioma”, afirma. E os resultados já comprovam o potencial de impacto social da plataforma.

Uma solução completa para um problema urgente

Júnior Araujo

Em um mundo hiperconectado, o conteúdo em vídeo explode em popularidade. Só o YouTube tem mais de 2 bilhões de usuários mensais. Mas boa parte desse conteúdo fica limitada pela barreira do idioma. É aí que o DubEasy atua: em questão de minutos, a ferramenta traduz e dubla vídeos automaticamente, expandindo o alcance para novos públicos.

Além disso, a tecnologia consegue clonar vozes de forma extremamente realista. Isso permite manter a essência mesmo ao adaptar o conteúdo para outro idioma, gerando mais identificação e engajamento com os espectadores.

Júnior acredita no poder de transformação dessa tecnologia. “As pessoas precisam de educação e informação de qualidade, independente de onde morem. Quero conectá-las ao conhecimento, esteja ele em português, espanhol ou chinês. É uma questão de inclusão”, defende.

Saiba mais sobre a DubEasy e a visão do seu criador Júnior Araujo, acompanhando os próximos passos dessa plataforma inovadora, siga os perfis @dubeasy.ai e @‌juninho.tmk

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Tecnologia

Avanços tecnológicos e novas formas de pagamento transformaram os eventos em 2023

Published

on

By

Do Pix à fila digital: como a tecnologia tem mudado a experiência dos usuários em festivais e shows

Em um ano marcado por grandes eventos e festivais, a tecnologia melhorou a experiência dos usuários desde a compra dos ingressos até o pagamento. De acordo com dados da GetNinjas, a demanda por shows aumentou em 276% em comparação com o ano passado e, para 2024, as coisas não devem ser muito diferentes.

Em 2023, novas formas de pagamento surgiram e, sem dúvidas, elas vão continuar crescendo em 2024. Com o aumento da utilização de meios eletrônicos, as transações se tornarão mais rápidas, seguras e convenientes. Além disso, as opções disponíveis permitirão aos consumidores escolher a forma que melhor atenda às suas necessidades e preferências. Esse crescimento reflete a evolução do cenário financeiro, impulsionada pela inovação tecnológica e pela necessidade de se adaptar às demandas dos consumidores modernos.

Uma das tendências que continuará em destaque para o próximo ano é o uso cada vez mais frequente e difundido do pagamento por meio do Pix, uma inovação revolucionária que tem transformado a forma como as transações financeiras são realizadas. Com ele, é possível efetuar pagamentos de forma instantânea, prática e segura, eliminando a necessidade de usar métodos tradicionais como boletos bancários ou transferências bancárias. Cristiano Marchisio, CEO da fintech Qesh, explica:

“A praticidade, baixo custo e disponibilidade 24 horas, sete dias por semana, fez com que o Pix se tornasse uma escolha conveniente para consumidores, pequenas e grandes empresas. Não demorou para ele ocupar o lugar do cartão de débito e de transferências como DOC e TED”, destaca Maschio.

Além disso, o pagamento por plataformas digitais facilita muito a compra de ingressos para grandes eventos, dispensando as filas e oferecendo maior comodidade aos consumidores. As plataformas digitais também permitem que os usuários tenham acesso a uma variedade de opções, desde shows musicais até jogos esportivos, proporcionando uma experiência diversificada e enriquecedora. Tironi Paz Ortiz, CEO da Imply, comenta:

“O ano de 2023 marcou um avanço significativo na forma que os usuários experienciam os eventos, sejam culturais ou de esportes. Nesse segmento, atuamos desde a compra dos ingressos, por meio do ElevenTickets, até no controle de acesso. Toda a tecnologia usada garantem uma experiência singular para os usuários além de proporcionar maior organização e rentabilidade dos produtores de eventos e os clubes esportivos”, afirmou o executivo.

Muitas das tendências atuais continuarão a se expandir no próximo ano, e a tecnologia desempenhará um papel fundamental nos eventos de 2024, aprimorando a experiência dos usuários desde a compra dos ingressos até o pagamento. Essas tecnologias continuarão a surgir no horizonte, prometendo ainda mais inovação e praticidade. À medida que avançamos para o próximo ano, espera-se que a tecnologia continue a transformar e melhorar a forma como desfrutamos dos grandes eventos no Brasil.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Tecnologia

Sustentabilidade: Empresas brasileiras elevam o compromisso ecológico em 2023

Published

on

By

Mais de 60% das empresas brasileiras possuem departamentos dedicados à sustentabilidade: números devem aumentar em 2023

O Brasil tem testemunhado uma crescente preocupação com a sustentabilidade, e isso não se limita apenas ao discurso. Dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), publicados pela Agência Brasil, mostram que 60% das empresas no país possuíam uma área ou departamento dedicado à sustentabilidade em 2022, um salto considerável em relação aos 34% do ano anterior. Os requisitos ambientais para contratos também aumentaram, com 45% das empresas exigindo certificados ambientais de fornecedores e parceiros, em comparação com os 26% do ano anterior, e esses números tendem a aumentar em 2023.

Esse avanço na consciência ambiental não é apenas um fenômeno nacional, mas também reflete o interesse do setor privado em se alinhar com acordos internacionais e atender às demandas do mercado externo. A pesquisa realizada pela CNI, em parceria com a FSB, destaca que o Brasil busca se tornar uma referência em uso sustentável dos recursos naturais e na economia de baixo carbono.

Mas como as empresas brasileiras estão colocando em prática esses ideais sustentáveis? Aqui, a Imply, empresa de tecnologia do Sul do país, se destaca como um exemplo bem-sucedido. “Na Imply, estamos comprometidos com a sustentabilidade e isso é refletido em todas as nossas operações e produtos”, afirma Tironi Paz Ortiz, CEO da Imply. A empresa, localizada na cidade de Santa Cruz do Sul – RS, tem se destacado por suas diversas ações voltadas para o aproveitamento das energias naturais.

Um exemplo disto é  “One Degree Less”, que visa reduzir a temperatura do ambiente e as emissões de CO2 na atmosfera. “Nosso telhado branco reflete até 90% dos raios solares, reduzindo o consumo de energia para refrigeração dos ambientes”, explica Ortiz.

Além disso, a Imply utiliza sistemas de ventilação natural, aproveita a iluminação natural e coleta água da chuva para uso nos banheiros, demonstrando seu compromisso com o uso eficiente dos recursos naturais. A reciclagem de resíduos e o uso de matérias-primas ecologicamente corretas também são parte integrante de sua estratégia.

Ortiz destaca ainda a importância de tecnologias ecológicas nos produtos da Imply. “Nossos produtos são desenvolvidos para baixo consumo de energia, utilizando soluções como displays LED de baixo consumo e alimentação por energia solar. Por exemplo, a nova geração da Máquina Rearmadora de Pinos 11PSM Imply reduz o consumo de energia em 65% em comparação com outros modelos”, afirma.

A pesquisa da CNI também revelou que 69% das empresas brasileiras planejam aumentar os investimentos em ações de sustentabilidade nos próximos dois anos, um aumento significativo em relação ao ano anterior. Essa tendência é impulsionada por razões que incluem a redução de custos, melhora da competitividade e atendimento às exigências regulatórias, bem como a busca por uma reputação positiva junto à sociedade e aos consumidores.

Algumas das empresas brasileiras têm surgido com esse pensamento em mente, esse é o caso da Elev, empresa voltada para soluções para todo o ecossistema da eletromobilidade. Segundo o sócio-diretor da empresa, Ricardo David, os carros elétricos e a energia solar podem ser uma solução sustentável. “No total, as fontes limpas e renováveis somam 80% da energia elétrica produzida no país, por meio de hidrelétricas, energia eólica e energia solar. Porém, com o aumento da demanda e com o avanço do mercado de carros elétricos, também precisamos buscar a ampliação da produção energética limpa em nosso país”, afirmou o executivo.

Desafios, no entanto, ainda persistem, com a falta de incentivos governamentais e a falta de cultura de sustentabilidade no mercado consumidor sendo mencionados como obstáculos. Acesso ao crédito para investimentos em sustentabilidade também é uma questão relevante, com 55% das empresas considerando difícil obter financiamento. Porém, empresas como a Imply e a Elev estão demonstrando que é possível combinar sucesso nos negócios com práticas sustentáveis.

Com informações da Agência Brasil.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Facebook

Advertisement

Mais Lidas

Business3 dias ago

Feira de Santana (BA) recebe o maior showroom de madeira plástica da América Latina

A madeira ecológica ou plástica é um dos produtos que vem revolucionando o mercado de arquitetura, construção e de grandes...

Famosos4 dias ago

Medalhista Olímpico, Flávio Canto, fecha parceria com escola em Brasília

A Escola Suíça de Brasília investe no ensino esportivo de seus alunos como base A Escola Suíça de Brasília (SIS...

Business5 dias ago

TIVIT expande a sua oferta no mercado de crédito com inclusão da IA generativa Athena em solução da Stone Age

Tecnologia automatiza a avaliação de contratos sociais reduzindo em até 95% o tempo para tomada de decisão em transações com...

Marketing5 dias ago

Penalty anuncia Damiano Sanna como seu novo gerente de marketing e relações esportivas

Profissional tem passagem por multinacionais e acumula mais de 20 anos de experiência na área A Penalty, tradicional marca brasileira...

Esporte5 dias ago

Projeto de revitalização transforma ginásio esportivo e impacta população de Santo André

Desenvolvida pela Recoma, em parceria com a Secretária de Esporte, iniciativa busca redesenhar espaços públicos e incentivar a prática ao...

Esporte1 semana ago

Penalty inova nas cores em linha de tênis infantis

A temporada de retorno às aulas já começou, e é essencial reconhecer o papel vital que bons materiais implicam na experiência...

Gestão1 semana ago

80% dos alunos que prestaram vestibular quer ingressar imediatamente, mas apenas 6 em cada 10 sabem onde querem estudar

Pesquisa realizada pela Somos Young reforça a urgência na reformulação do modelo acadêmico para receber alunos durante todo ano letivo....

Celebridades2 semanas ago

Banda gaúcha atinge meio bilhão de streaming e famosos regravam a canção “Perigosa e Linda”

O reconhecimento do sucesso do grupo gaúcho despertou interesse em famosos, como o da cantora Roberta Miranda “Perigosa e Linda”....

Empreendedorismo2 semanas ago

De advogada a Empresária de Sucesso: conheça Táta Coldibeli

Nascida em Fartura, São Paulo, Patricia Coldibeli, iniciou seu negócio de sucesso no meio da pandemia, e mudou sua vida...

Business2 semanas ago

Após o carnaval, 8 a cada 10 brasileiros continuam endividados

60% possuem débitos com cartão de crédito em aberto e 43% buscam negociações com banco O começo do ano é...

Advertisement

Advertisement

Mais Lidas

Copyright © Meio e Markting - Todos os Direitos Reservados.