Connect with us

Contabilidade

Contador André Charone dá dicas preciosas de como conseguir emprego na área da contabilidade

Published

on

A entrevista de emprego é o momento muito aguardado por quem pretende conquistar o primeiro emprego, mudar de empresa ou subir de cargo, e por isso pode causar ansiedade levando o candidato a cometer erros bobos.

O contador e professor universitário André Charone, dá dicas de como o profissional da área da contabilidade deve se portar numa entrevista de emprego.

O primeiro passo em um processo de seleção é causar uma boa impressão, portanto seja pontual, se atrasar por qualquer que seja o motivo, pode ser a razão pela qual você não será contratado, então programa-se para chegar com antecedência ao local da entrevista.

Outro ponto importante é se vestir de forma adequada ao local que pretende trabalhar, isso demonstra profissionalismo e te dá credibilidade.

Seja educado ao cumprimentar o entrevistador, ser cordial é sempre o melhor caminho e pode lhe abrir portas.

O que devo esperar numa entrevista de emprego na contabilidade?

As perguntas podem variar de acordo com o tipo de escritório ou empresa para a qual você está concorrendo, mas de modo geral, o entrevistador se aterá a dois tipos de questionamentos:

1 – Perguntas orientadas à contabilidade;

Essas perguntas técnicas testam o conhecimento do candidato acerca das normas e ferramentas contábeis.

Neste momento é preciso demonstrar domínio, então estude e revise os pontos mais importantes para estar com tudo na ponta da língua, especificamente quanto às normas específicas do setor da empresa.

2 – Perguntas sobre a experiência profissional;

Ainda que a vaga não exija experiência, ter familiaridade com o tipo de serviço que será executado é um grande diferencial para o candidato.

Ressalte as suas conquistas e aprendizados de empregos anteriores, incluindo estágios, e também os sistemas de contabilidade que tem domínio. Isso conta bastante.

  • Aproveite todas as oportunidades para destacar suas qualidades

Provavelmente o entrevistador falará com várias pessoas interessadas naquela vaga. Então é importante mostrar as suas qualidades e deixar bem claro como você pode ser útil para a empresa, só tome cuidado com a fala para não parecer arrogante, aguarde o momento certo para falar.

  • A entrevista é uma via de mão dupla

Aproveite esse momento e saiba todos os detalhes da vaga que está se candidatando para que fique tudo muito bem esclarecido. Pergunte sobre questões salariais, benefícios e jornada de trabalho.

 

Sobre o contador André Charone:

André Charone iniciou cedo na carreira da contabilidade, filho de contador, o jovem sempre se espelhou na família e por este motivo já sabia o caminho que iria trilhar.

Em 2010 com 21 anos apresentou na Espanha um trabalho em um congresso de contabilidade, no mesmo ano passou a atuar como professor universitário.

De lá para cá passaram mais de 10 anos, e hoje com toda essa bagagem o jovem, busca através das redes sociais divulgar e ensinar de forma gratuita os princípios da contabilidade.

Graduado em Ciências Contábeis, com MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria pela FGV e Extensão Universitária em Harvard (EUA), André, possui dezenas de artigos e seis livros publicados, também é palestrante e apresentador, possui um programa de TV chamado “Conexão Contábil”, no canal TVM em Belém.

 

Para mais informações sobre André: 

Instagram: https://www.instagram.com/andrecharone/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCzC-avxUpcO0t0UjHqBpFGg

Site: https://www.belconta.com.br

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Contabilidade

O Big Brother da Receita Federal

Published

on

Boa parte dos dados informados na Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física já está na base da Receita Federal. Vivemos em um Big Brother, onde a Receita Federal é o Big Boss e nós somos os participantes confinados.

Aqui no Brasil, a maioria das pessoas conhece o nome “Big Brother” devido ao reality show transmitido há mais de 20 anos pela Rede Globo. Quer você goste ou não, é inegável que esse programa de televisão já faz parte da cultura popular brasileira.

No entanto, o termo vem de muito antes do “Big Brother Brasil” apresentado hoje por Tadeu Schmidt, tendo sua origem no “Grande Irmão”, personagem fictício do livro 1984 de George Orwell. No romance futurista, a sociedade é vigiada por câmeras e a liberdade individual é quase inexistente.

Foi baseado nesse personagem que a produtora de tv holandesa criou o reality show “Big Brother”, o qual mais tarde seria exportado para vários países, inclusive o Brasil, onde até hoje é um dos programas mais populares da televisão aberta.

Em 1949, quando o livro de Orwell foi originalmente publicado, a ideia de ser vigiado constantemente pelo governo era um medo atribuído a um futuro distante (na época, o ano de 1984). No entanto, em 2022, a vigilância e a invasão da privacidade por parte do Estado já é muito mais uma realidade do que uma ficção, especialmente no âmbito fiscal.

Ainda na primeira década do século XXI, vários autores dos ramos contábil, fiscal e empresarial já passaram a utilizar essa analogia do “Grande Irmão” de 1984 com esse controle incisivo do Fisco brasileiro sobre as atividades empresariais e pessoais. Daí surgiu a expressão “Big Brother Fiscal”.

Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física

Essa vigilância constante do fisco ganha destaque para os contribuintes brasileiros no período de declaração de imposto de renda, que se iniciou em março. Hoje em dia, boa parte dos dados informados na sua prestação de contas com o leão já está na base da Receita Federal.

Através de declarações como a DIRF, que é preenchida pelos empregadores, a Receita é informada, sobre quanto os funcionários daquela empresa receberam ao longo do ano, também a DMED, entregue pelas empresas da área de saúde, como: Clínicas, hospitais e laboratórios, nela consta todas as despesas com saúde de todos os pacientes, e a DIMOF, com resumo das operações financeiras (apenas para dizer algumas), o governo tem mais informações sobre nós do que o Boninho sobre os Brothers e Sisters do reality show global.

Outra forma de “Espionagem” está nos gastos com cartão, mesmo que você não peça CPF na nota, quando você gastar mais de 5 mil reais, a operadora do seu cartão irá notificar a Receita deste seu gasto.

Ou seja, a receita ao longo do ano já sabe quanto você ganhou e gastou, a maioria das vezes o imposto de renda vai apenas avaliar se você está declarando tudo ou está sonegando impostos.

Caso a pessoa gaste mais do que ganha ao longo de muitos meses, isso vai chamar atenção da Receita para uma inconsistência de informações, e a fiscalização vai constatar se aquela pessoa está omitindo receita.

Na verdade, a Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, hoje, é praticamente um “jogo da discórdia”, no qual o fisco está apenas esperando a oportunidade para pegar os sonegadores com a mão na massa (lembrando que a multa pode chegar até 225% nos casos mais graves). Inclusive, para quem tem certificado digital, já é possível baixar a declaração pré-preenchida, com todos esses dados.

Voltando a falar do Big Brother Brasil, nesses mais de 20 anos em que o programa é exibido na televisão brasileira houve uma espécie de “profissionalização” dos participantes. Hoje, quem se inscrever para participar do BBB geralmente já entra na casa com uma preparação prévia. Pode parecer até piada, mas já existem até cursos especializados em preparar futuros participantes de reality shows.

Assim como os participantes do programa da Rede Globo, os contribuintes também precisam entrar no jogo já preparados para o Big Brother da Receita Federal. A única diferença é que, ao invés de uma assessoria de imprensa, eles vão precisar de um ótimo profissional da contabilidade.

Enquanto no BBB você deve tomar cuidado para não ser pego pelas câmeras falando mal de um amigo seu na casa ou talvez bebendo demais em uma festa, pois isso pode fazer com que você seja cancelado pelo público, no Big Brother Fiscal você não pode omitir rendimentos, inventar dependentes ou colocar despesas médicas sem a devida comprovação. Caso contrário, será indicado à malha fina, o que pode ser muito pior do que qualquer paredão.

 

Esta referência de BBB e o trabalho da Receita Federal, está presente em um dos capítulos do livro “Negócios de Nerd”, lançado este ano pelo contador e empresário André Charone. O livro pode ser adquirido nas principais lojas digitais do país.

Sobre André Charone:

Contador, professor universitário, Mestrando em International Business pela Must University (Flórida-EUA), possui MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria pela FGV (São Paulo – Brasil) e certificação internacional pela Universidade de Harvard (Massachusetts-EUA) e Disney Institute (Flórida-EUA). É sócio do escritório Belconta – Belém Contabilidade e do Portal Neo Ensino, autor de livros e dezenas de artigos na área contábil, empresarial e educacional.

Fotos: reprodução instagram/AndréCharone

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Contabilidade

Advogada e contadora, Paula Alves forma chapa feminina no Conselho de Contabilidade

Published

on

O Conselho Regional de Contabilidade( CRC), pela primeira vez, formou uma chapa com maioria feminina para o cargo de conselheira, e a contadora e advogada Paula Alves entrou na disputa como uma espécie de 3º via as outras duas chapas. A eleição acontecerá em novembro. Na briga, estão 60 mil votos de associados do setor contábil.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Contabilidade

Entenda quem ganha e quem perde com a reforma tributária do Imposto de Renda

Published

on

Ainda em negociação no congresso, a proposta de reforma tributária no Imposto de Renda, já está causando discussão entre boa parte da população brasileira.    

Isso porque, se for aprovada, ela beneficiará os contribuintes de menor renda e os pequenos investidores. Já uma parte da classe média, que não poderá mais entregar a declaração de imposto de renda Pessoa física simplificada, e os grandes investidores, sentirão mais o peso da carga tributária.    

Diferente do que acontece hoje no IR, o contribuinte tem a liberdade de escolha de qual tipo de declaração deseja fazer, se aprovada as mudanças sugeridas pelo relator do projeto na câmara, o deputado Celso Sabino (PSDB/PA), os contribuintes com rendimentos abaixo de R$ 40 mil anuais, (Pouco mais de R$ 3 mil por mês), podem optar pela declaração simplificada. Já quem passar esse valor de R$ 40 mil por ano será obrigado a entregar a declaração completa.   

Para os contribuintes que tinham o costume de fazer a declaração simplificada, vai ficar a sensação de perda tributária, porque não haverá mais a possibilidade de usufruir da simplificação. A tendência é que quem apresentava a declaração simplificada receba a restituição do IR menor ou até tenha um valor a pagar, caso não tenha despesas dedutíveis, como educação, saúde ou dependentes para compensar.    

O mercado financeiro não recebeu com bons olhos essa proposta, já que agora está se iniciando de forma gradativa uma recuperação nas empresas que foram afetadas negativamente pela pandemia do novo coronavírus, e essa reforma pode aumentar a carga tributária.    

Dentre todas essas mudanças sugeridas, uma das principais é o corte de 2.5 pontos percentuais na alíquota base do IRPJ. Com isso, ela sairia dos atuais 15% para 2,5%. O corte seria de 10% no primeiro ano e de 2,5% no segundo.    

A proposta de reforma também atinge a tributação de investimentos. Por exemplo, haverá fim da isenção sobre rendimentos imobiliários distribuídos a pessoas físicas, com cotas negociadas em Bolsa a partir de 2022.    

O relator também sugeriu acabar com a regra que permite que as empresas deduzam do imposto de renda o dobro das despesas comprovadamente realizadas no programa de alimentação, que inclui gastos com pagamento de cestas básicas para funcionários, alimentação no trabalho ou fornecimento de alimentos.     

A reforma se for aprovada também atingirá os setores químicos, higiene, perfumaria, indústria de embarcações e aeronaves, que perderão benefícios fiscais. Esse corte nos benefícios atingiria 20 mil empresas, mas beneficiaria outras 1.1 milhão por propiciar a redução no Imposto de Renda, segundo o relator.   

 

Sobre André Charone: 

André Charone é contador e empresário, com formação internacional em Empreendedorismo em Economias Emergentes pela universidade de Harvard (EUA) 

Iniciou cedo na carreira da contabilidade, filho de contador, o jovem sempre se espelhou na família e por este motivo já sabia o caminho que iria trilhar.      

Em 2010 com 21 anos apresentou na Espanha um trabalho em um congresso de contabilidade, no mesmo ano passou a atuar como professor universitário.      

De lá para cá passaram mais de 10 anos, e hoje com toda essa bagagem o jovem, busca através das redes sociais divulgar e ensinar de forma gratuita os princípios da contabilidade.       

Graduado em Ciências Contábeis, com MBA em Gestão Financeira. André, possui dezenas de artigos e seis livros publicados, também é palestrante e apresentador, possui um programa de TV chamado “Conexão Contábil”, no canal TVM em Belém.      

     

Para mais informações sobre André:      

Instagram: https://www.instagram.com/andrecharone/     

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCzC-avxUpcO0t0UjHqBpFGg    

 Site: https://www.belconta.com.br    

 

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Facebook

Advertisement

Mais Lidas

Fashion10 minutos ago

Kings Sneakers lança coleção inspirada em anime dos anos 80 e 90

Lançamento está presente nas 108 lojas e no site da rede de franquias O lançamento do drop da marca Kings...

Geral44 minutos ago

Itabus cresce exponencialmente, dá a virada por cima e mostra para o trade carioca reposicionamento da marca em evento em Copacabana

Há 19 anos no mercado de mídia offline, a Itabus sofreu um duro golpe com a pandemia, deixando uma das...

Geral58 minutos ago

Mercado da beleza: como se destacar no meio e ainda elevar o faturamento

A concorrência no mercado da beleza é de assustar qualquer profissional que busca tentar seu lugar ao sol. Pensando nisso,...

Uncategorized1 dia ago

Free Slots Machines Online

Are you looking for free slots machines online? If so you’re in the migliori casino italia right place. There is...

Geral4 dias ago

BBL: cirurgia para aumentar bumbum pode ser perigosa e levar à morte; Entenda os riscos e prevenção

Descontrole na realização do procedimento acende luz vermelha e mobiliza conselhos médicos americanos Uma das cirurgias plásticas que está cada...

Geral4 dias ago

Term Papers For Sale – How to Find Affordable Term Papers For Sale

When you are searching for inexpensive term papers available, there are a number of things you should take into account....

claudio lasso claudio lasso
Sapri#mundofiscal6 dias ago

O que é levantamento fiscal e tributário

Um levantamento fiscal representa uma análise atual da carga tributária com o objetivo de projetar reduções e otimizar resultados. Entre...

Geral6 dias ago

Hinge ve un pico en los usuarios gays, cortesía Pete Buttigieg

En granchat de sexo privado desarrollo para tu citas por Internet aplicación industria – Presidencial demócrata solicitante Pete Buttigieg encontrado...

Famosos1 semana ago

Famosos se reunirão em festa em Lisboa no aniversário da Sea Agency Evento comemorativo acontecerá a beira do Rio Tejo em Lisboa

Um grande número de famosos está sendo aguardado para a festa de aniversário da Sea Agency em Lisboa.  A agência...

Business1 semana ago

Pharma Express – Primeira rede de vending machines de produtos farmacêuticos do Brasil

A primeira vending machines Pharma Express já está em operação na capital paulista no condomínio Housi, um novo conceito de...

Advertisement

Advertisement

Mais Lidas

Copyright © Meio e Markting - Todos os Direitos Reservados. Site Parceiro do UOL