Connect with us

Geral

No Dia Mundial da Adoção, apresentador gay fala sobre adotar: “É um processo burocrático e demorado, mas que traz uma felicidade imensa”

Published

on

O empresário, casado há mais de 20 anos com Louis Planès, conta o que mudou na vida do casal com a chegada do pequeno Vinícius
O Dia Mundial da Adoção é celebrado nesta terça-feira, 09, data criada pelo norte-americano Hank Fortner para celebrar todos os modelos de família e conscientizar sobre a importância do ato.
O empresário e apresentador Benjamin Cano sabe bem como sua vida mudou para melhor depois de ser pai. Ele e o marido Louis Planès, franceses que vivem no Brasil há mais de 11  anos, entraram com a habilitação na Vara da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro. Durante um ano, participaram de encontros com psicólogos e assistentes sociais para obter um estudo da condição familiar.
Depois de aprovados, aguardaram dois anos com imensa expectativa, acompanhando de perto o processo junto à Vara da Infância e da Juventude para saber se havia uma criança disponível para o casal. Até que um dia receberam a aguardada ligação de uma juíza carioca, informando que uma colega, também juíza, de Ilhéus, Bahia, estava com um caso de um recém-nascido prematuro de 5 meses sem pretendentes.
O pequeno Vinícius havia nascido na rua com apenas 900 gramas. Foi reanimado na ambulância do SAMU e abandonado no hospital. A mãe biológica não chegou a ficar nem três horas com o bebê.
Imediatamente eles se interessaram e foram até a Bahia. Ali começou a conexão do casal com Vinicius. O bebê, já com dois meses e meio de vida, teve alta da UTI um dia após a ligação da juíza, quando os novos pais foram buscá-lo na maternidade. Era dia 11 de maio de 2017. Naquela época, a nova família teve de permanecer na Bahia por três semanas, pois Vinicius estava tão magro que a pediatra não autorizou a viagem de avião para o Rio.
Benjamin falou sobre adoção. Ele diz que é um processo longo, mas que no fim vale muito a pena.
“É um processo burocrático e demorado, mas que traz uma felicidade imensa. Mas não deveria ser assim, já que existem pretendes esperando para todos os tipos de perfil. Existe um sério problema no cadastro nacional de adoção, volto a dizer, esse SNA, não funciona, as varas poucos comunicam entre elas, precisamos fazer mudar a doutrina geral sobre o sistema de adoção no Brasil está tudo muito lento e estamos esquecendo do interesse superior da criança que fica anos e anos abrigado”, pontua.
Ele acredita que este tema deveria ser mais debatido.
“Adotar é um ato de amor. As crianças nos abrigos merecem amor e  uma família que vai dar um lar para eles. Então, por favor, vá se habilitar e entrar na fila. Em 2021, não deveria ter sequer uma única criança em abrigo. Deveria ser uma causa nacional”, completa.
Benjamin conta o que mudou na vida dele e de Louis depois que passaram a ser pais de Vinícius:
“Tudo mudou: a rotina, a alegria, a vida do casal em si, os projetos pelo futuro, o jeito de se projetar, a forma de pensar a vida, porque você inclui o ser humano a mais, que é seu filho”.
Muitos casais adotantes têm medo de que um dia a criança procure os pais biológicos. Benjamin não teme isto e inclusive irá apoiar o menino caso ele queira conhecer a sua família biológica.
“Se um dia Vinícius quiser encontrar a mãe dele, porque o pai está desconhecido, ajudaremos ele. Estaremos junto com ele em todas as etapas. Guardamos todas as informações da mãe biológica dele para que, caso ele quisesse ter acesso, ele teria. Não temos problemas com isso. Somos a família dele, não tenho dúvida”, afirma.
Benjamin diz que, apesar da pouca idade de Vinícius, ele já conversou com a criança sobre adoção.
“Desde que ele chegou bebê na casa da gente, estamos falando da sua adoção. Óbvio, em função das idade, com palavras e histórias adequadas”, finaliza.
Vale destacar que a pandemia da Covid-19 atrasou a finalização dos processos de adoção no Brasil no ano passado. De acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2020 aconteceu uma redução de 26,4% na concessão de sentenças de adoção no país se comparado a 2019 — a queda foi de 3.013 para 2.216 decisões. Por outro lado, o Brasil tem atualmente 4.977 crianças e adolescentes disponíveis para adoção, também segundo o CNJ.
Foto Sergio Baia

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Geral

Perfumaria Francesa investe no público latino e conquista consumidores fiéis

Published

on

À medida que nos aproximamos das Olimpíadas de Paris 2024, os olhos do mundo se voltam para a cidade que é sinônimo de elegância e cultura refinada. O charme parisiense, delineado por monumentos icônicos como a Torre Eiffel e o Louvre, promete envolver os visitantes em uma atmosfera rica em história e beleza.

Ao prestigiar os Jogos Olímpicos em Paris, os turistas podem esperar não apenas competições esportivas de classe mundial, mas também a oportunidade de explorar a magnífica arquitetura parisiense, percorrer as charmosas ruas de paralelepípedos e desfrutar da renomada culinária francesa. A cidade oferece uma experiência cultural imersiva, onde cada esquina conta uma história fascinante.

Entre as inúmeras opções para os visitantes, a Fragrance de L’Opéra destaca-se como uma joia escondida. Sob a gestão acolhedora da brasileira Poliana Palhano, esta perfumaria parisiense oferece uma experiência única em português e espanhol. Enquanto explora a cidade, os turistas brasileiros podem encontrar nesta loja uma oportunidade incrível de levar consigo um pedaço do charme francês, com atendimento personalizado, preços acessíveis e benefícios especiais.

A Fragrance de L’Opéra, além de ser um local de perfumes, é um refúgio encantador para aqueles que desejam vivenciar a fusão entre a tradição francesa e a hospitalidade brasileira. Poliana recebe os visitantes com simpatia e cordialidade, proporcionando não apenas uma seleção de fragrâncias incríveis, mas também um espaço aconchegante para se conectar com a essência parisiense e descansar de um longo dia de caminhada pela cidade luz.

Enquanto Paris se prepara para receber atletas e entusiastas de todo o mundo, a cidade continua a ser um destino cativante. E entre as muitas experiências que esta metrópole oferece, a Fragrance de l’Opéra destaca-se como uma oportunidade imperdível para os brasileiros que desejam vivenciar a magia dos perfumes franceses em sua própria língua, com preços acessíveis e um toque de hospitalidade calorosa.

Siga a Fragrance, no instagram: @fragrancedelopera_br

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Geral

O Hotel Transamérica Berrini é o preferido para quem busca conforto e praticidade em São Paulo

Published

on

Hotel Transamérica Berrini

O espaço está localizado no coração de São Paulo

Localizado na Rua Quintana, no bairro do Brooklin Novo, o Hotel Transamérica Berrini é a melhor opção para quem busca conforto, praticidade no coração de São Paulo. É uma excelente opção tanto para executivos como para famílias, visto que o espaço dispõe de salas para reuniões coorporativas, além de ser pet friendly, recebendo centenas de pessoas todos os dias.

O Hotel Transamérica é uma escolha perfeita para sua hospedagem na região da Berrini. Com 148 espaçosos apartamentos e uma localização estratégica em um dos polos financeiros da cidade, eles oferecem conforto e conveniência para os hóspedes, além de ficar próximo aos principais shoppings, parques e com fácil acesso à Marginal Pinheiros. Além disso, o hotel está a apenas 550 metros da estação de trem da Berrini e a 5 km do aeroporto de Congonhas, garantindo uma ótima estadia.

Os apartamentos são suítes elegantes, com iluminação natural e varanda, garantindo um ambiente agradável durante a permanência. A segurança é uma prioridade, contando com serviço de vigilância 24 horas e uma garagem coberta com manobristas para comodidade dos hóspedes. Para aqueles que desejam se exercitar, o espaço dispõe de uma academia bem equipada à disposição.

Com nove espaços para eventos, sendo sete deles moduláveis, podem acomodar até 270 pessoas. Suas instalações oferecem um ambiente perfeito para reuniões e celebrações, incluindo o RoofTop Berrini, localizado no 24º andar, com uma decoração temática deslumbrante.

No que diz respeito à gastronomia, o Hotel Transamérica Berrini apresenta o renomado Tulsi Indian Cuisine, um restaurante especializado em culinária indiana, recomendado pela revista Veja São Paulo. Além disso, oferecem outras opções para suas refeições, garantindo uma experiência culinária diversificada. Nosso serviço de room service está disponível 24 horas por dia para maior comodidade.

O café da manhã é servido em formato de buffet, seguindo todas as normas de segurança e higiene. No Hotel Transamérica Berrini, seu principal objetivo é proporcionar a vocês uma estadia memorável em São Paulo, combinando conforto, conveniência e excelência em serviço.

Por isso, o Hotel Transamérica Berrini é o preferido para quem busca conforto e praticidade em São Paulo.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Geral

Brasil tem 4 milhões de pessoas trans e não-binárias; empregabilidade ainda é desafio para o grupo

Published

on

By

 Morena Lovateli, trans e acompanhante do Fatal Model, fala sobre preconceitos existentes e explica como o mercado adulto colabora para a busca da livre autenticidade

No Brasil, cerca de 4 milhões de pessoas são transgêneros ou não-binárias. Segundo informações da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), o volume de registros de mudança de nome e gênero aumentou 70% entre 2021 e 2022, passando de 1.863 para 3.165. Mesmo com o avanço social, casos de transfobia ainda são comuns, afastando a comunidade de direitos básicos. Com o intuito de ampliar o debate e o escopo de políticas públicas para o grupo, em 29 de janeiro é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Trans.

De acordo com o “Projeto Além do Arco-Íris/ AfroReggae”, apenas 0,02% dos transgêneros estão na universidade, 72% não possuem o ensino médio e 56% o ensino fundamental. Outra pesquisa feita pelo Grupo Pela Vidda, no Rio de Janeiro, que entrevistou homens e mulheres transgênero, revelou que metade dos entrevistados alegaram que amigos, professores e familiares são os principais agressores durante a formação. O relatório ainda apontou que apenas 15% dos participantes relataram ter emprego com carteira assinada, enquanto 15,6% possuem trabalho autônomo formal e 27,2% são autônomos informais.

Por outro lado, no mercado adulto, esse cenário se altera. A profissional do sexo e acompanhante do Fatal Model – maior site de acompanhantes do Brasil, Morena Lovateli, afirma que o preconceito é menor: “Dentro de uma empresa, desde a ida ao banheiro até o almoço, era um sacrifício para mim. Passar por um grupo de pessoas e escutar cochichos e alguém rindo era horrível. Dentro da prostituição, você encontra pessoas que te acolhem, que são simples e humildes. Claro que existem pessoas ruins como em qualquer outra área e canto do mundo, mas no mercado adulto posso esbanjar minha autenticidade”.

Além de ser uma fonte de sustento, o setor também pode empoderar o lado feminino de mulheres trans, comenta a acompanhante: “Quando comecei minha transição, quis explorar meu lado de sedução para ver realmente se atrairia os homens. Tudo para alguém afirmar que eu era uma mulher. Isso no início, porque hoje em dia sei que não preciso provar nada a ninguém”.

Em 2019, o Supremo Tribunal Federal já tinha reconhecido os crimes de homofobia e transfobia como racismo. No mês de agosto, o STF reforçou a proteção às pessoas homossexuais e transexuais, uma vez que pelo 14º ano consecutivo o país foi considerado o que mais mata pessoas trangeneros do mundo. Dessa forma, ofensas diretas contra elas são punidas como injúria racial. Ou seja, quem for responsável por esses atos não terá direito a fiança, nem limite de tempo para responder judicialmente.

Mesmo com o avanço legal, Morena não tem grandes expectativas para a comunidade no futuro: “Acredito que ainda vai demorar alguns anos para  as pessoas pararem de querer saber o porquê de sermos quem somos. Toda vez que saio de dia, não vejo mulheres como eu. Quando vou ao shopping no domingo à tarde, vejo famílias felizes, mas não vejo nenhuma travesti almoçando na praça de alimentação. Imagina você se arrumar pra sair, chegar no lugar e todos os olhares são para você, não importa qual roupa você está usando. É necessário ter muita coragem”. 

A profissional ainda lembra e destaca Erika Hilton, primeira deputada trans do Brasil, “Ela está fazendo história por nós, assim como outras trans e travestis que lutam pela nossa comunidade. Mas é uma luta que cansa, porque precisamos o tempo todo passar por essa afirmação da nossa existência”.

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Facebook

Advertisement

Mais Lidas

Esporte3 dias ago

Penalty inova nas cores em linha de tênis infantis

A temporada de retorno às aulas já começou, e é essencial reconhecer o papel vital que bons materiais implicam na experiência...

Gestão4 dias ago

80% dos alunos que prestaram vestibular quer ingressar imediatamente, mas apenas 6 em cada 10 sabem onde querem estudar

Pesquisa realizada pela Somos Young reforça a urgência na reformulação do modelo acadêmico para receber alunos durante todo ano letivo....

Celebridades4 dias ago

Banda gaúcha atinge meio bilhão de streaming e famosos regravam a canção “Perigosa e Linda”

O reconhecimento do sucesso do grupo gaúcho despertou interesse em famosos, como o da cantora Roberta Miranda “Perigosa e Linda”....

Empreendedorismo5 dias ago

De advogada a Empresária de Sucesso: conheça Táta Coldibeli

Nascida em Fartura, São Paulo, Patricia Coldibeli, iniciou seu negócio de sucesso no meio da pandemia, e mudou sua vida...

Business5 dias ago

Após o carnaval, 8 a cada 10 brasileiros continuam endividados

60% possuem débitos com cartão de crédito em aberto e 43% buscam negociações com banco O começo do ano é...

Business6 dias ago

Brasil tem 4 em cada 10 Edtechs mais promissoras da América Latina, segundo HolonIQ

O reconhecimento selecionou 100 empresas na região e analisa o desenvolvimento e implementação de tecnologias educacionais Dados da premiação “The...

Geral1 semana ago

Perfumaria Francesa investe no público latino e conquista consumidores fiéis

À medida que nos aproximamos das Olimpíadas de Paris 2024, os olhos do mundo se voltam para a cidade que...

Celebridades1 semana ago

Com Endrick, Prova Bate e Volta e Pocah, Neosa ativa patrocínio do BBB 24

Lucas Henrique chamou a Neosa e se salvou das dores de cabeça do nono paredão  A Neosaldina, marca referência no...

Método i9 empreendedor por Camila Silveira1 semana ago

Camila Silveira, esclarece sobre os Avanços da Neuralink: Desafios Éticos e Promessas Tecnológicas em Foco

A recente divulgação dos avanços da Neuralink, empresa fundada pelo empresário Elon Musk, na criação de um chip cerebral implantável,...

Entretenimento2 semanas ago

Sucesso na temporada 2023 o Cola Mais Podcast estreia em 2024

Idealizado e apresentado por Douglas Magoo, Cola Mais Podcast encerra temporada e traz novidades para 2024 Sucesso foi a palavra...

Advertisement

Advertisement

Mais Lidas

Copyright © Meio e Markting - Todos os Direitos Reservados.