Connect with us

Geral

Projeto de reconstrução gratuita de aréola para mulheres mastectomizadas viajará o Brasil

Published

on

Projeto de reconstrução gratuita de aréola para mulheres mastectomizadas viajará o Brasil
Através da parceria com uma farmacêutica, Yurgan Barret levará o Y Rosa para mais seis cidades, além do Rio de Janeiro.

Desde 2017, através do projeto Y Rosa, o tatuador carioca Yurgan Barret ajuda a devolver autoestima e confiança a mulheres submetidas a uma mastectomia após enfrentarem o câncer de mama durante o Outubro Rosa. Agora a iniciativa, que oferece gratuitamente a reconstrução de aréola através de tatuagem realista, será realizada em todos os meses do ano.

“E esse ano, o laboratório farmacêutico Exeltis fechou com a gente uma parceria para que possamos levar o Y Rosa a sete cidades do Brasil, incluindo o Rio de Janeiro. E não vai ser só em outubro. Afinal, durante o ano inteiro mulheres são diagnosticadas, tratadas e precisam dessa solução. Então, essa ação agora acontece de janeiro a janeiro, em diferentes lugares do Brasil”, explica Anne Marinho Barret, sócia do estúdio de tatuagem e esposa de Yurgan.

A expansão do projeto só foi possível através da parceria com o laboratório farmacêutico Exeltis, especialista em saúde feminina. “Quando a gente, da Exeltis Brasil, teve a oportunidade de conhecer o projeto Y Rosa, que é fantástico, não teve a menor dúvida de que a gente tinha que estar apoiando esse projeto”, disse Isaac Jarlicht, gerente Geral da Exeltis Brasil.

“Não importa quantas mulheres, a gente vai impactar, mas sim o movimento, se Deus quiser, vai trazer novas empresas, novos apoiadores para uma causa tão bonita”, acrescentou ele.

Patrícia diz que depois que se submeteu ao procedimento teve a autoestima de volta. “Eu não digo que é uma tatuagem, digo que é uma arte que devolveu minha autoestima em relação ao meu seio, porque eu não tinha, eu não gostava de me olhar no espelho. E você olhar ali que tem aréola é muito real, é um trabalho muito bonito”, contou.

Marcelo Melo, Diretor de Excelência Comercial da multinacional, enalteceu a iniciativa. “Quando nós conhecemos esse projeto do Yurgan, realmente nos tocou muito, porque a gente sabe que tudo começa com a qualidade de vida da paciente. Tudo começa com a autoestima”, destacou.

“E poder apoiar essa mulher, estar junto, cuidar dessa mulher, é muito importante. Isso está sendo extremamente especial para a gente poder ampliar a ação, e levar o Y Rosa ao maior número de mulheres possíveis”, completa Jéssica Alves, do Marketing Exeltis.

Rosângela, outra participante da iniciativa, frisou que reconstrução mamária pós-mastectomia é uma etapa fundamental, mas o toque final é a reconstrução da aréola. “É o realismo que ele cria em você. Porque a reconstrução da mama não é completa. O toque final, o pingo no i é a tatuagem. É você fazer aquilo aquilo se tornar realidade de novo”, declarou.

Cristiane, que também participou do Y Rosa, falou: “é muito bom poder contar com um projeto como esse: Que ajuda diversas mulheres. Isso é muito importante para todas nós”.

Yurgan afirmou que se sente muito satisfeito com a felicidade das mulheres com o resultado final. “Acho que o mais incrível é o fato de como o resultado final, de como que cada uma das mulheres que eu atendo ficam depois de todo procedimento”, afirmou Yurgan, idealizador da iniciativa, que também tem o propósito de relembrar a importância do diagnóstico precoce e já foi premiada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

“Esse trabalho que é feito aqui no Yurgan é um trabalho muito bonito, porque às vezes nós conseguimos a reconstrução da mama, que nunca fica muito bom. Então, a gente poder trazer essa arte e poder representar e trazer uma simetria dela, ter a sua aréola, o seu complexo de aréolo-papilar da mesma dimensão, como o mesmo tamanho, com a mesma coloração do que ela tem na outra mama. Isso é fundamental”, pontuou o professor Dr, Ricardo Bruno, Diretor Médico da Exeltis Brasil.

Anne conta que a ideia do Y Rosa surgiu de um jeito bem interessante. Em 2017, ela e o marido estavam passando por uma boa fase no estúdio. Então, eles resolveram retribuir tudo isso para sociedade.

“Um dia de manhã, a gente estava deitado junto e eu provoquei o Yurgan. Falei assim: amor, o meu sentimento é que a gente tem tanta coisa boa, que a gente precisa retribuir de alguma forma para as pessoas, para a sociedade! O que a gente deixa de legado? Dessa conversa, uma ação que o Yurgan já fazia de forma esporádica que era atender mulheres que passaram pelo câncer para fazer a reconstrução da aréola por meio de tatuagem, acabou virando o Y Rosa”, finalizou.

Mais informações e inscrições pelo site: www.yurgantattoo.com.br ou pelo instagram @yurgantattoo .

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Geral

Perfumaria Francesa investe no público latino e conquista consumidores fiéis

Published

on

À medida que nos aproximamos das Olimpíadas de Paris 2024, os olhos do mundo se voltam para a cidade que é sinônimo de elegância e cultura refinada. O charme parisiense, delineado por monumentos icônicos como a Torre Eiffel e o Louvre, promete envolver os visitantes em uma atmosfera rica em história e beleza.

Ao prestigiar os Jogos Olímpicos em Paris, os turistas podem esperar não apenas competições esportivas de classe mundial, mas também a oportunidade de explorar a magnífica arquitetura parisiense, percorrer as charmosas ruas de paralelepípedos e desfrutar da renomada culinária francesa. A cidade oferece uma experiência cultural imersiva, onde cada esquina conta uma história fascinante.

Entre as inúmeras opções para os visitantes, a Fragrance de L’Opéra destaca-se como uma joia escondida. Sob a gestão acolhedora da brasileira Poliana Palhano, esta perfumaria parisiense oferece uma experiência única em português e espanhol. Enquanto explora a cidade, os turistas brasileiros podem encontrar nesta loja uma oportunidade incrível de levar consigo um pedaço do charme francês, com atendimento personalizado, preços acessíveis e benefícios especiais.

A Fragrance de L’Opéra, além de ser um local de perfumes, é um refúgio encantador para aqueles que desejam vivenciar a fusão entre a tradição francesa e a hospitalidade brasileira. Poliana recebe os visitantes com simpatia e cordialidade, proporcionando não apenas uma seleção de fragrâncias incríveis, mas também um espaço aconchegante para se conectar com a essência parisiense e descansar de um longo dia de caminhada pela cidade luz.

Enquanto Paris se prepara para receber atletas e entusiastas de todo o mundo, a cidade continua a ser um destino cativante. E entre as muitas experiências que esta metrópole oferece, a Fragrance de l’Opéra destaca-se como uma oportunidade imperdível para os brasileiros que desejam vivenciar a magia dos perfumes franceses em sua própria língua, com preços acessíveis e um toque de hospitalidade calorosa.

Siga a Fragrance, no instagram: @fragrancedelopera_br

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Geral

O Hotel Transamérica Berrini é o preferido para quem busca conforto e praticidade em São Paulo

Published

on

Hotel Transamérica Berrini

O espaço está localizado no coração de São Paulo

Localizado na Rua Quintana, no bairro do Brooklin Novo, o Hotel Transamérica Berrini é a melhor opção para quem busca conforto, praticidade no coração de São Paulo. É uma excelente opção tanto para executivos como para famílias, visto que o espaço dispõe de salas para reuniões coorporativas, além de ser pet friendly, recebendo centenas de pessoas todos os dias.

O Hotel Transamérica é uma escolha perfeita para sua hospedagem na região da Berrini. Com 148 espaçosos apartamentos e uma localização estratégica em um dos polos financeiros da cidade, eles oferecem conforto e conveniência para os hóspedes, além de ficar próximo aos principais shoppings, parques e com fácil acesso à Marginal Pinheiros. Além disso, o hotel está a apenas 550 metros da estação de trem da Berrini e a 5 km do aeroporto de Congonhas, garantindo uma ótima estadia.

Os apartamentos são suítes elegantes, com iluminação natural e varanda, garantindo um ambiente agradável durante a permanência. A segurança é uma prioridade, contando com serviço de vigilância 24 horas e uma garagem coberta com manobristas para comodidade dos hóspedes. Para aqueles que desejam se exercitar, o espaço dispõe de uma academia bem equipada à disposição.

Com nove espaços para eventos, sendo sete deles moduláveis, podem acomodar até 270 pessoas. Suas instalações oferecem um ambiente perfeito para reuniões e celebrações, incluindo o RoofTop Berrini, localizado no 24º andar, com uma decoração temática deslumbrante.

No que diz respeito à gastronomia, o Hotel Transamérica Berrini apresenta o renomado Tulsi Indian Cuisine, um restaurante especializado em culinária indiana, recomendado pela revista Veja São Paulo. Além disso, oferecem outras opções para suas refeições, garantindo uma experiência culinária diversificada. Nosso serviço de room service está disponível 24 horas por dia para maior comodidade.

O café da manhã é servido em formato de buffet, seguindo todas as normas de segurança e higiene. No Hotel Transamérica Berrini, seu principal objetivo é proporcionar a vocês uma estadia memorável em São Paulo, combinando conforto, conveniência e excelência em serviço.

Por isso, o Hotel Transamérica Berrini é o preferido para quem busca conforto e praticidade em São Paulo.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Geral

Brasil tem 4 milhões de pessoas trans e não-binárias; empregabilidade ainda é desafio para o grupo

Published

on

By

 Morena Lovateli, trans e acompanhante do Fatal Model, fala sobre preconceitos existentes e explica como o mercado adulto colabora para a busca da livre autenticidade

No Brasil, cerca de 4 milhões de pessoas são transgêneros ou não-binárias. Segundo informações da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), o volume de registros de mudança de nome e gênero aumentou 70% entre 2021 e 2022, passando de 1.863 para 3.165. Mesmo com o avanço social, casos de transfobia ainda são comuns, afastando a comunidade de direitos básicos. Com o intuito de ampliar o debate e o escopo de políticas públicas para o grupo, em 29 de janeiro é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Trans.

De acordo com o “Projeto Além do Arco-Íris/ AfroReggae”, apenas 0,02% dos transgêneros estão na universidade, 72% não possuem o ensino médio e 56% o ensino fundamental. Outra pesquisa feita pelo Grupo Pela Vidda, no Rio de Janeiro, que entrevistou homens e mulheres transgênero, revelou que metade dos entrevistados alegaram que amigos, professores e familiares são os principais agressores durante a formação. O relatório ainda apontou que apenas 15% dos participantes relataram ter emprego com carteira assinada, enquanto 15,6% possuem trabalho autônomo formal e 27,2% são autônomos informais.

Por outro lado, no mercado adulto, esse cenário se altera. A profissional do sexo e acompanhante do Fatal Model – maior site de acompanhantes do Brasil, Morena Lovateli, afirma que o preconceito é menor: “Dentro de uma empresa, desde a ida ao banheiro até o almoço, era um sacrifício para mim. Passar por um grupo de pessoas e escutar cochichos e alguém rindo era horrível. Dentro da prostituição, você encontra pessoas que te acolhem, que são simples e humildes. Claro que existem pessoas ruins como em qualquer outra área e canto do mundo, mas no mercado adulto posso esbanjar minha autenticidade”.

Além de ser uma fonte de sustento, o setor também pode empoderar o lado feminino de mulheres trans, comenta a acompanhante: “Quando comecei minha transição, quis explorar meu lado de sedução para ver realmente se atrairia os homens. Tudo para alguém afirmar que eu era uma mulher. Isso no início, porque hoje em dia sei que não preciso provar nada a ninguém”.

Em 2019, o Supremo Tribunal Federal já tinha reconhecido os crimes de homofobia e transfobia como racismo. No mês de agosto, o STF reforçou a proteção às pessoas homossexuais e transexuais, uma vez que pelo 14º ano consecutivo o país foi considerado o que mais mata pessoas trangeneros do mundo. Dessa forma, ofensas diretas contra elas são punidas como injúria racial. Ou seja, quem for responsável por esses atos não terá direito a fiança, nem limite de tempo para responder judicialmente.

Mesmo com o avanço legal, Morena não tem grandes expectativas para a comunidade no futuro: “Acredito que ainda vai demorar alguns anos para  as pessoas pararem de querer saber o porquê de sermos quem somos. Toda vez que saio de dia, não vejo mulheres como eu. Quando vou ao shopping no domingo à tarde, vejo famílias felizes, mas não vejo nenhuma travesti almoçando na praça de alimentação. Imagina você se arrumar pra sair, chegar no lugar e todos os olhares são para você, não importa qual roupa você está usando. É necessário ter muita coragem”. 

A profissional ainda lembra e destaca Erika Hilton, primeira deputada trans do Brasil, “Ela está fazendo história por nós, assim como outras trans e travestis que lutam pela nossa comunidade. Mas é uma luta que cansa, porque precisamos o tempo todo passar por essa afirmação da nossa existência”.

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Facebook

Advertisement

Mais Lidas

Business1 dia ago

Brasil tem 4 em cada 10 Edtechs mais promissoras da América Latina, segundo HolonIQ

O reconhecimento selecionou 100 empresas na região e analisa o desenvolvimento e implementação de tecnologias educacionais Dados da premiação “The...

Geral2 dias ago

Perfumaria Francesa investe no público latino e conquista consumidores fiéis

À medida que nos aproximamos das Olimpíadas de Paris 2024, os olhos do mundo se voltam para a cidade que...

Celebridades2 dias ago

Com Endrick, Prova Bate e Volta e Pocah, Neosa ativa patrocínio do BBB 24

Lucas Henrique chamou a Neosa e se salvou das dores de cabeça do nono paredão  A Neosaldina, marca referência no...

Método i9 empreendedor por Camila Silveira4 dias ago

Camila Silveira, esclarece sobre os Avanços da Neuralink: Desafios Éticos e Promessas Tecnológicas em Foco

A recente divulgação dos avanços da Neuralink, empresa fundada pelo empresário Elon Musk, na criação de um chip cerebral implantável,...

Entretenimento5 dias ago

Sucesso na temporada 2023 o Cola Mais Podcast estreia em 2024

Idealizado e apresentado por Douglas Magoo, Cola Mais Podcast encerra temporada e traz novidades para 2024 Sucesso foi a palavra...

Famosos1 semana ago

Ativações, espaços instagramáveis e influenciadores engajam marcas e espaços vips no carnaval

Muito além do entretenimento e de forma criativa, grandes marcas fidelizam clientes e geram engajamentos nas redes Grandes camarotes do...

Negócios2 semanas ago

Brasil e Chile serão potências econômicas da América Latina em 2024, segundo estudo

De acordo com o Mastercard Economics Institute (MEI), os gastos reais dos consumidores registraram um aumento de 1,9% no ano...

Empreendedorismo2 semanas ago

Empresária Luciane Vaz da 5 dicas para ser uma empreendedora de sucesso.

Luciane ensina passo a passo de como conquistar o sucesso empreendendo em 2024 No mundo acelerado dos negócios, é preciso...

Marketing2 semanas ago

Maior Fabricante de Azeitonas do Brasil, convida criador de conteúdos Vinicius Capeleto para ação de lançamento

O criador de conteúdos digitais, Vinícius Capeleto, está com a Vale Fértil na grande campanha de lançamento de seu produto...

Celebridades2 semanas ago

Com raízes no samba paulistano, Bel Moura esbanja alegria e é rainha do Camarote 011 em SP

Rainha do Camarote 011 se emociona ao declarar seu amor pelo carnaval. “Desfilei pela primeira vez no Peruche aos sete...

Advertisement

Advertisement

Mais Lidas

Copyright © Meio e Markting - Todos os Direitos Reservados.