Connect with us

Saúde

Saúde : Estabelecer uma rotina de sono adequada ajuda a fortalecer o sistema imunológico

Published

on

Prestes a completar dois anos do anúncio da pandemia Covid-19, pesquisa avalia como está o sono dos brasileiros

Desde que foi divulgado em Wuhan na China, o primeiro caso do Coronavírus (Covid-19) no dia 31/12/2019, o estado de alerta mundial foi acionado com novas medidas sanitárias e o mundo vive momentos de caos e especulações. Prestes a completar dois anos de pandemia no Brasil, os números são avassaladores: Hoje são mais de 21M de casos registrados em todo o país, com uma somatória de mais de 603 mil mortes contabilizadas. 

Como anda a qualidade do sono dos brasileiros neste período de pandemia? Foi classificada como “Ruim”. O principal fator apontado foi o estresse causado pela pandemia. É o que afirma uma pesquisa realizada pelo Royal Philips que indicou que 74% dos entrevistados enfrentam problemas de sono. Desses, 50% acreditam que a pandemia afetou diretamente a possibilidade de dormir bem e 47% dos participantes também relataram que acordam no meio da noite.

Nervosismo, ansiedade, tensão e dificuldade no relaxamento são apontados como os principais impactos provocados pela pandemia. Além disso, a maior exposição às telas de computadores e celulares, devido à necessidade de adaptação do trabalho ao modelo remoto, também pode ser um dos causadores do crescimento de relatos de noites mal dormidas. “O celular, a televisão, os tablets acabaram se tornando uma extensão do nosso próprio corpo. A luz azul emitida pelos aparelhos acaba inibindo a eliminação da melatonina, que é o hormônio liberado para induzir e manter o sono”, enfatiza Dr. André Rocha – (fisioterapeuta, com mestrado em engenharia e membro da Associação Brasileira do Sono). 

Se hidratar, estabelecer uma boa rotina alimentar e preservar o sono são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico durante o período de privação, mesmo quem já tomou uma ou duas doses de vacina. “Uma das funções do sono é o fortalecimento do sistema imunológico. Desta forma, um indivíduo que possui um sono adequado certamente estará mais protegido, prevenindo doenças virais. A melatonina produzida enquanto dormimos é responsável pelo fortalecimento do sistema imunológico”, explica o especialista.

Tratando-se da qualidade do sono, um estudo da Universidade Carnegie Mellon, realizado com 153 pessoas saudáveis, foi possível constatar que quem dorme menos de sete horas por noite está mais propenso a contrair resfriados e doenças relacionadas, devido à diminuição da imunidade. Baseado em estudos similares, Marcio Atalla, durante o programa Bem-Estar & Movimento na rádio CBN diz que durante o sono ou sono reparador, a gente deixa o nosso sistema imunológico mais preparado. Quando a gente dorme menos ou dorme em menor qualidade, nosso corpo acaba liberando o hormônio do estresse, o cortisol. E esse hormônio em excesso faz com que nosso sistema imunológico fique imunodeprimido, um pouco mais enfraquecido. 

Diante do cenário de pandemia do novo Coronavírus, Dr. André alerta sobre os cuidados que devemos tomar em relação ao sono durante período de quarentena “Priorizar os cuidados com o sono é fundamental. Manter o horário de ir para a cama e o horário de acordar, além de evitar exposição demasiada aos equipamentos eletrônicos”, orienta. A escolha do colchão também é um fator primordial para uma boa noite de sono e com qualidade. Hoje no mercado, os colchões tecnológicos ganham destaque pela quantidade de benefícios agregados as tecnologias aplicadas. “Um colchão onde o cliente encontra mais de 50 tipos de massagens, zero bactéria, ozonioterapia – os colchões da Sono Quality saem com aparelho de ozonioterapia que inativa em 99,99% o vírus da Covid-19, densidade progressiva (promove alinhamento da coluna) são fatores que agregam valor e qualidade de vida ao móvel“, finaliza André.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Saúde

Conselho Regional de Fisioterapia (RS) pede ajuda a fisioterapeutas de todo o país para atuar junto às vítimas

Published

on

By

Formulário segue a disposição para profissionais voluntários e prioridade são para crianças, idosos e portadores de deficiência que tiveram contato direto com água e umidade

Devido às altas demandas nos centros de acolhimento espelhados no estado do Rio Grande do Sul, o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 5ª Região – Crefito 5 RS, criou um formulário para cadastro de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que tenham interesse e disponibilidade em realizar trabalho voluntário, atuando nas demandas que surgem durante as enchentes.

O foco principal é o atendimento voltado para a área respiratória, tendo em vista que muitas pessoas ficaram expostas na rua, em telhados e tiveram contato direto com a água e umidade. Em paralelo, também acontecem atendimentos voltados aos idosos que necessitam de atendimentos e suporte como cadeiras de rodas e andadores.

Com a alta demanda de pessoas alojadas no mesmo local, o número de possíveis infectados com doenças pulmonares pode aumentar a cada dia, por conta do contato direto entre os recolhidos. O número de pessoas desabrigadas ultrapassam a marca de 615 mil pessoas fora de casa, destes 77 mil estão em abrigos e 538 mil desalojados (em casas de amigo e parentes).

As (inscrições) chegam através dos canais de comunicação do Conselho, bem como no grupo criado no WhatsApp para agilizar os atendimentos. Tendo em vista que o contexto da calamidade pode durar meses até chegar a uma normalidade, o cadastro terá validade até existirem pessoas em situação de abrigamento.

Link para preenchimento do formulário:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdLBZ0ct8YBMI53m8Z0eCob4v6pPpr50lFCFETK8kBiJ9kfFQ/viewform

A partir do momento que essa informação for de conhecimento público, os abrigos e hospitais poderão acionar o CREFITO-5 que direciona as demandas aos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais cadastrados como voluntários. Quanto maior o número de profissionais cadastrados, maior será o número de pessoas atendidas e reabilitadas.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Saúde

Dislexia: distúrbio é o mais comum entre estudantes

Published

on

By

Transtorno atinge até 17% dos alunos no mundo; neuropediatra alerta para educação inclusiva nas escolas

O mês de novembro é marcado pelos dias da alfabetização e de atenção à dislexia – distúrbio caracterizado pela dificuldade de leitura e escrita. As datas alertam para a educação inclusiva nas escolas. No Brasil, o Instituto ABCD estima que aproximadamente 4% da população possui o distúrbio. Entre alunos do mundo todo, a dislexia é apontada como o transtorno com maior incidência, atingindo de 5 a 17%.

“A dislexia é classificada como um transtorno específico de aprendizagem (TEAp) que se manifesta por meio de um conjunto de sintomas, podendo envolver leitura lenta ou incorreta de palavras e dificuldades de soletração, por exemplo. É uma doença heterogênea, ou seja, com intensidades e necessidades variáveis de indivíduo para indivíduo”, explica o Prof. Dr. Vitor Haase, neuropediatra e pesquisador da healthtech Treinitec.

Segundo ele, o diagnóstico pode ser confirmado após os oito anos de idade, devido à maturação neurológica de áreas essenciais para aprendizagem. Contudo, os primeiros sinais podem ser observados antes mesmo do período de alfabetização. Dr. Haase afirma que educadores são fundamentais para auxiliar na identificação do transtorno e apoio a especialistas.

“O diagnóstico e tratamento da dislexia envolve uma equipe multidisciplinar de profissionais da saúde e educação, em parceria com escola e família. A identificação precoce permite que, além de terem conhecimento a respeito do que estão lidando, professores realizem intervenções em sala de aula e encaminhem estudantes para uma avaliação interdisciplinar”, diz.

Para incluir crianças com dislexia – e outros tipos de transtornos – a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI) prevê que todos os matriculados em educação especial tenham direito ao Atendimento Educacional Especializado (AEE). No entanto, dados do Ministério da Educação (MEC), referentes a 2022, apontam que apenas 44% dos profissionais que atuam no AEE têm formação continuada para atender alunos neurodivergentes.

Dr. Haase destaca que o processo de aprendizagem para esse grupo demanda apoio especializado: “Professores capacitados e métodos adaptativos são fundamentais para superar tais desafios e proporcionar um ambiente inclusivo e estimulante. Os modelos educacionais existentes nem sempre dialogam com as necessidades de todos os alunos. Flexibilizar os currículos pode ser uma forma de reduzir as perdas na aprendizagem de crianças com dislexia”.

Outra aliada da educação inclusiva é a tecnologia, que pode ser usada em casos de alunos disléxicos. O neuropediatra destaca, entre os principais pontos positivos do uso da tecnologia, a possibilidade de personalização, acessibilidade e visualização de informações: “Recursos e materiais didáticos digitais, como o programa TREINI na Escola, visam fornecer subsídios a inclusão efetiva em escolas regulares por meio de plataformas e aplicativos para docentes, alunos e pais”.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Saúde

Médica apresenta tratamento exclusivo para gordura localizada durante evento em São Paulo

Published

on

Esta semana acontece em São Paulo o Endothreads Meet, evento idealizado pela médica Fernanda Sulzbach, para lançar um novo protocolo desenvolvido por ela, que promete resultados mais eficazes no tratamento estético.

Através da junção do Endolaser – tratamento a laser, já conhecido no combate à gordura localizada e flacidez –, com Fios de sustentação, Dra. Fernanda criou o Endothreads, que será apresentado para 200 médicos, com vagas esgotadas nos primeiros 30 minutos de seu anuncio.

O Endothreads funciona da seguinte forma: o Endolaser estimula a produção de colágeno, assim, melhora a qualidade da pele, assim, tornando-a mais receptiva à aplicação dos Fios de Sustentação. Dessa forma, os Fios proporcionam um efeito de lifting mais duradouro, auxiliando na manutenção dos resultados obtidos através do laser. A técnica é aplicada em regiões com gordura localizada como rosto, papada e abdômen.

Durante o evento, Dra. Fernanda Sulzbach compartilhará sua expertise em procedimentos com Fios, Endolaser e associações explorando as aplicações, cases de sucesso e inovações mais recentes na indústria, além de compartilhar dicas e insights valiosos que podem ser aplicados imediatamente na prática clínica.

Sobre a Dra Fernanda Sulzbach

Formada em medicina pela UFRGS, com especialização em Cirurgia Geral e Pós-Graduação em Medicina Estética, Fernanda Sulzbach inaugurou sua primeira clínica especializada em procedimentos estéticos no ano de 2008, em Santa Maria/RS.

Com um expertise de mais de 10 anos em Fios de Sustentação, Dra. Sulzbach é uma das principais referências na área da medicina estética. Graças às suas técnicas exclusivas e reconhecidas nacionalmente, passou, a partir de 2016 a realizar workshops direcionados a outros médicos, tornando-se uma referência no segmento, especializando mais de 300 médicos.

Especializações internacionais

Por dois anos consecutivos, Fernanda Sulzbach participou do IMCAS – Curso Internacional de Mestrado em Ciência do Envelhecimento –, um dos mais importantes congressos de Cirurgia Plástica e Dermatologia da atualidade. O evento, que acontece todo mês de janeiro em Paris, reúne profissionais de todo o mundo e, além do aprendizado, a médica pôde apresentar suas técnicas de fios de sustentação a outros colegas de profissão.

Em 2023, participou de um treinamento com técnicas de Blindagem na cidade de Seoul, com o médico sul coreano Dr. Kwon Han Jon, considerado por muitos o “papa” dos fios, graças ao seu pioneirismo nos tratamentos com fios PDO.

Serviço:

ENDOTHREADS MEET

Local: Derma Dream Brasil – São Paulo

Data: 08 a 12 de novembro/2023

Horário: 09 às 18h

Palestrantes:
Dra. Fernanda Sulzbach Cirurgiã Geral RQE 25887

Dr. João Phiton – Derma Dream -CRM 206270

Dra. Andrezza Hoffmann – Toskani Med – CRM 132110

Dr. Luan Zorzin – Toskani Med – CRM 1173731

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Facebook

Advertisement

Mais Lidas

Marketing18 horas ago

Mais da metade dos brasileiros duvida da autenticidade das marcas ao falar sobre diversidade

Estudo Oldiversity aponta ainda que 41% consideram as propagandas machistas e 30% racistas Com o passar dos anos, cada vez...

Empreendedorismo3 dias ago

CEO da Suprevida, Rodrigo Correia da Silva é confirmado como palestrante em feira hospitalar

No coração da inovação em saúde, o hub InovaHC é o lar de startups que transformam o setor hospitalar, tornando-o...

Saúde5 dias ago

Conselho Regional de Fisioterapia (RS) pede ajuda a fisioterapeutas de todo o país para atuar junto às vítimas

Formulário segue a disposição para profissionais voluntários e prioridade são para crianças, idosos e portadores de deficiência que tiveram contato...

Geral1 semana ago

Bispo Bruno Leonardo apoia vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul com significativa doação

Entre as águas e as lágrimas, surge uma esperança As enchentes catastróficas no Rio Grande do Sul não só alteraram...

Geral2 semanas ago

Tragédia no Rio Grande do Sul: Entenda o Desastre e Saiba Como Ajudar

A Sua Imprensa se solidariza com as vítimas e promove campanha de conscientização e apoio As chuvas intensas que começaram...

Business2 semanas ago

Mães Solo: Desafiando Estereótipos e Celebrando a Independência

Inspirado na história de sua mãe, o advogado Caio Bastos, especializado em direito de família, opinou sobre a questão Ser...

Geral2 semanas ago

Lions Club Rio de Janeiro Colorindo a Vida é marco de diversidade e inclusão

Data vai marcar a fundação do primeiro Clube de Lions do mundo de interesse a abordar diversidade de gênero Rio...

Celebridades2 semanas ago

Show de Gabriel O Pensador será atração em um dos principais festivais de esportes aquáticos do mundo

Cantor carioca fará apresentação gratuita na cidade de Saquarema durante o Aloha Spirit Festival O artista Gabriel O Pensador fará...

Entretenimento4 semanas ago

10ª Levels Sunset chega a Porto Alegre com música e experiências futuristas

 Tecnologia da gaúcha Imply integrará serviços de acesso e consumo durante o festival marcado para 27 de abril No dia...

Famosos4 semanas ago

Corpo e Alma lança hit “Pistoleira” em todas as rádios do país, nesta quarta (24)

Depois de “Perigosa e linda” e de “Gotas de Amor”, que foi gravada em Buenos Aires, nesta quarta (24), será...

Advertisement

Advertisement

Mais Lidas

Copyright © Meio e Markting - Todos os Direitos Reservados.